Estampa Artesanal Para Bodys Personalizados

estampa artesanal

Já imaginou fazer você mesma uma estampa artesanal em bodys? Nós vamos hoje  nos aprofundar na arte e na técnica por trás da criação de peças únicas e encantadoras que se destacam pela sua originalidade e criatividade.

A estampa artesanal oferece muitas possibilidades, permitindo que nós artesãs diversifiquemos nosso trabalho de forma exponencial! Além de ser prático, você não precisa perder o sono quando uma cliente pedir um body personalizado com uma imagem complexa, basta fazer a estampa artesanal. Fica lindo e você pode fazer de acordo com o gosto da cliente.

 Ao contrário das estampas industrializadas em massa, a estampa artesanal traz consigo um toque pessoal e artesanal, adicionando um valor emocional e uma conexão especial entre o artesão e o cliente. Sem contar que além de estampar você ainda pode personalizar a peça com itens como pérolas, strass, laços de cetim e outros.

Com a escolha certa de materiais e a aplicação correta da técnica, você poderá transformar simples bodys em peças exclusivas e memoráveis que cativam a imaginação e o coração das pessoas.

Por isso, hoje vou te trazer os fundamentos da estampa artesanal, desde a seleção dos materiais até a aplicação prática da técnica. Você aprenderá como escolher o papel transfer adequado, preparar a imagem para impressão, posicionar e aplicar a estampa no body com precisão e cuidado.

Também vou te contar os cuidados necessários para garantir a durabilidade e a beleza das suas criações, desde a lavagem adequada até a secagem e a conservação da peça estampada. Com essas dicas e orientações, você estará pronta para criar bodys estampados que encantam e inspiram, agregando valor ao seu trabalho artesanal e conquistando a admiração dos seus clientes.

Materiais Necessários Para A Estampa Artesanal

Antes de começarmos, vamos listar os materiais que serão utilizados para fazer a estampa artesanal em bodys. Felizmente, não é necessário investir em equipamentos caros. Aqui estão os itens essenciais:

Papel Transfer: Este papel é encontrado em livrarias e lojas de artesanato. Recomendo a marca “Usaflex”, pois oferece boa qualidade e resistência à lavagem.

Imagem a ser imprimida: Selecione com antecedência a imagem que deseja transferir para o body personalizado.

Impressora: Você precisará de uma impressora para imprimir as imagens que serão transferidas para o papel. Caso não tenha impressora não se preocupe, você pode imprimir em livrarias ou papelarias o desenho que quiser no papel transfer.

Ferro de Passar: Utilize um ferro de passar roupa, preferencialmente sem função de vapor, para aplicar a estampa no body.

Body 100% Algodão: Escolha bodys feitos de tecido 100% algodão para garantir o melhor resultado da estampa.

Como fazer estampa artesanal

Passo a Passo da Aplicação

Preparação do Body: Comece posicionando o body em uma superfície plana e lisa. Certifique-se de que esteja limpo e sem rugas para garantir uma aplicação suave da estampa. Certifique-se também se não há poeira ou outro cisquinho por cima, pois isso prejudica o resultado da estampa.

Impressão da Imagem: Utilize a impressora para imprimir a imagem desejada no papel transfer. Lembre-se de inverter a imagem horizontalmente antes de imprimir, para que fique correta após a transferência. Se for uma foto, lembre de espelhar a imagem

Aqui eu usei uma imagem da bandeira do Brasil, inspirada na temática de futebol, mas você pode deixar a imaginação fluir e testar diversas imagens diferentes. Mas, se você quiser reproduzir esse trabalho, vou deixar disponível a imagem que usei para imprimir a minha estampa artesanal

Recorte da Imagem: Com cuidado, recorte a imagem impressa no papel transfer, deixando uma pequena margem ao redor para garantir uma aplicação precisa. Cerca de meio centímetro é o suficiente.

Posicionamento da Imagem: Coloque a imagem recortada no local desejado do body. Certifique-se de que esteja posicionada corretamente e não de cabeça para baixo. Lembre também que a imagem precisa estar de encontro com o tecido. Ou seja, o que você vai ver será as costas do papel transfer.

Aplicação da Estampa: Coloque uma folha de papel sulfite sobre a imagem e utilize o ferro de passar para pressionar a estampa no body. Aplique pressão firme e uniforme por cerca de 1 a 3 minutos, dependendo da temperatura do ferro.

Muito importante aqui: o ferro precisa estar com a opção “vapor” desligada, senão a estampa não vai dar certo.

Sempre utilizo a temperatura média do ferro, para não queimar a roupa e nem ficar frio demais a ponto da imagem não se transferir adequadamente.

Remoção do Papel Transfer: Após a aplicação, aguarde alguns instantes para que a estampa esfrie. Em seguida, com cuidado, remova o papel transfer para revelar a estampa no body.

Outro ponto importante: algumas marcas de transfer funcionam de maneira oposta: elas precisam ser retiradas ainda muito quentes da peça, então leia com atenção as instruções do fabricante do papel transfer antes de iniciar a estampa artesanal com ele.

Cuidados e Considerações Finais

Lavagem: Recomende para as suas clientes que o body seja lavado à mão, evitando esfregar diretamente na estampa. Não é aconselhável passar o ferro sobre a estampa. Isso pode danificar o trabalho.

Secagem: Sugerimos secar o body à sombra, sem torcer, para preservar a qualidade da estampa e do tecido.

Personalização: A estampa artesanal oferece infinitas possibilidades de personalização. Desde personagens específicos até escritas personalizadas, você pode criar peças únicas e encantadoras para seus clientes.

A estampa artesanal em bodys é uma ótima opção para artesãs que desejam oferecer produtos personalizados e diferenciados em seus ateliês. Com os materiais certos e o passo a passo adequado, é possível criar peças encantadoras que vão encantar seus clientes. 

São peças que possuem ótima saída, principalmente para aqueles trabalhos que exigem uma escrita mais detalhada ou personagens complexos que dificilmente seriam feitos adequadamente com os apliques de feltro.

Aproveite para praticar e experimentar novas técnicas e expandir cada vez mais suas habilidades. Experimente também testar antes em um tecido mais velho ou que você não use. Isso vai te dar confiança para a hora que você for aplicar a estampa artesanal oficialmente na peça. Gostou? Que tal aprender a fazer a saia de tule personalizada com as cores do Brasil?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *